AAGI Lezíria

Jul 31, 2021

Foi constituída a nova delegação da Associação Amigos da Grande Idade: AAGI LEZIRIAS que vai integrar o trabalho realizado já da AAGI FOROS DE SALVATERRA, alargando a intervenção da Associação a todo o território da Lezíria do Tejo.

Esta delegação é o prolongamento da plataforma de trabalho que a Associação representa a nível nacional e vai ser gerida por novos colaboradores da região, com autonomia para realizarem o seu trabalho na área do envelhecimento.

Pretende-se contribuir para um conhecimento mais profundo do envelhecimento em zonas não urbanas, investir na formação profissional de todos os níveis que desenvolvem actividade em serviços destinados a pessoas idosas. É ainda intenção realizar vários eventos e intervir junto de autoridades locais sensibilizando-as para a necessidade de colocar as questões do envelhecimento na primeira linha das suas preocupações.

Temos enormes expectativas no trabalho desta delegação que vai coordenar os projectos feitos em parceria com a Residência Sénior Lezírias: GERIONTOVIA e INCLUSÃO NA COMUNIDADE.

Em breve daremos mais noticias e informação desta delegação que está a completar o processo administrativo formal que validará a delegação.

Ler mais

Programa Desatar

Abr 22, 2021
PROGRAMA DESATAR AS PESSOAS IDOSAS E OS DOENTES DE ALZHEIMER VAI INICIAR-SE EM PORTUGAL

 

O Programa DESATAR as pessoas idosas e os doentes de Alzheimer é desenvolvido pela CEOMA (Confederacion Espanola de Organizationes de Mayores) no território Espanhol, tendo-se estendido já a alguns países da América do Sul.

Trata-se de um projecto/programa, criado pelo médico António Burgueño que tem como objectivo principal impedir as contenções físicas e químicas utilizadas nos Lares e residências, especialmente em doentes de Alzheimer e com demência. Este objectivo é conseguido através de formação, novos modelos de intervenção e mudança de mentalidade, comportamento e atitude.

O programa é gerido por uma equipa multidisciplinar que numa fase mais adiantada credita os lares, residências e outros serviços como espaços livres de contenção, publicitando essa qualidade que muito é apreciada no país vizinho.

A Associação Amigos da Grande Idade há muito que estudava este programa e agora negociou com a CEOMA a replicação do programa em Portugal com as devidas adaptações e ajustes. Esta proposta foi aceite com muita alegria pelos nossos parceiros que assim também vêem o seu programa com maior intervenção e divulgação num outro país Europeu.

Em breve a Associação fará a apresentação do programa para Portugal e do seu planeamento estratégico, iniciando agora a fase de consulta científica por parte dos nossos amigos e colaboradores.

Este vai ser um desafio nacional que implica a nomeação de delegados distritais para autónomamente desenvolverem o programa nas suas zonas geográficas. Implica também muita formação que inicialmente será ministrada aos delegados e envolvidos directamente na liderança nacional do programa.

A Associação sente-me imensamente honrada com este voto de confiança da principal organização da área social em Espanha e garante que irá surpreender pelo empenho e capacidade de intervenção.

Ler mais

Protocolo com a CEOMA

Abr 22, 2021

 

ASSOCIAÇÃO ASSINA PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO COM A MAIOR ORGANIZAÇÃO DA ÁREA SOCIAL ESPANHOLA

A Associação Amigos da Grande Idade assinou um Protocolo com a CEOMA (Confederacion Española de Organizaciones de Mayores), uma das principais entidades na área social de Espanha.
Este protocolo visa a colaboração entre as duas entidades nos próximos anos na concretização de propostas de intervenção, investigação, reflexão e divulgação com o objectivo maior de defender as pessoas idosas, os seus interesses e os seus direitos, assegurando um envelhecimento com maior dignidade.
Portugal e Espanha apresentam cenários muito semelhantes que continuam a impedir alguns avanços nos cuidados e serviços destinados a pessoas idosas.
A CEOMA é a maior organização Espanhola que se dedica ao envelhecimento e às pessoas idosas. É uma entidade multidisciplinar que actua directamente junto de organizações sociais, económicas e políticas, influenciando as posições em relação ao envelhecimento. Este ano a CEOMA comemora 20 anos de existência (https://ceoma.org/).
O presente protocolo internacionaliza definitivamente a Associação e fornece mais um aliado para projectos que deixam de ter âmbito nacional mas passam a âmbito internacional, com especial destaque para a Península Ibérica.
Acrescenta-se que o projecto vai já dar cobertura a dois eventos que começaram a ser discutidos entre as duas organizações: o projecto DESATAR e o CONGRESSO INTERNACIONAL.

Ler mais

Dia da Gerontologia

Jan 3, 2021

VII Jornadas ISSL-UL

Realizam-se no próximo dia 6 de Janeiro, quarta. Feira, as 7ªs jornadas do Instituto Superior do Serviço Social de Lisboa – Universidade Lusíada em plataforma de streaming.

Estas jornadas marcam o Dia da Gerontologia e o seu programa e outras informações podem ser consultadas em

https://www.lis.ulusiada.pt/pt-pt/eventos/webinartrabalharcompopula%C3%A7%C3%A3oidosaemtemposdacovid-19problemas,necessidadeseboaspr%C3%A1ticas.aspx

As jornadas vão abordar o tema Trabalhar com a População Idosa em tempos de COVID 19: Problemas, necessidades e boas práticas.

Estas Jornadas contam com o apoio da Associação Amigos da Grande Idade e terão uma intervenção do Presidente da Associação, Rui Fontes, na sessão de abertura, pelas 9.30 horas.

Para quem desejar aceder e participar deve fazê-lo através de

 https://videoconf-colibri.zoom.us/j/83987839289?pwd=RUJybjhBQW5wZmlHMEdZSFNiRmtXQT09

Ler mais

Combater a Doença Cardíaca Estrutural (SHD) e a Doença Cardiovascular relacionada com a Idade

Out 16, 2020

No dia 1 de Outubro, o presidente da Associação Amigos da Grande Idade – Inovação e Desenvolvimento Rui Fontes foi informado sobre uma mobilização europeia que apela a uma Ação Conjunta Europeia sobre Doenças Cardíacas Estruturais (SHD) e Doenças Cardiovasculares (DCV) relacionadas com a idade.

A Doença Estrutural Cardíaca (SHD) é uma condição cardiovascular ligada ao declínio funcional e estrutural do coração. Sintomas incluem falta de ar, cansaço, dificuldade de movimento, e limita as atividades diária de quem sofre destas doenças, principalmente idosos. O SHD tem sido uma área de crescente preocupação da sociedade nos últimos anos e prevê-se que representará um grande fardo para a comunidade idosa. Só em Portugal, mais de 22% da população tem mais de 65 anos e prevê-se que até 2040, meio milhão de pessoas irão ter SHD.

A pandemia COVID-19 destacou a necessidade de cuidar das populações vulneráveis, combatendo as principais causas das desigualdades na saúde (câncer e doenças cardiovasculares). Vemos também que, em toda a UE, os cidadãos exigem cada vez mais ações de saúde a nível da UE. No entanto, atualmente não existe uma iniciativa emblemática unificada para cuidar dos pacientes cardiovasculares da Europa. Isto é problemático, pois em 2050, é estimado que 23 milhões de pessoas acima de 65 anos na UE irão ter SHD. A colaboração para garantir deteção precoce, pesquisa e práticas comuns sobre Doenças Cardiovasculares (DCV) pode melhorar muito a saúde e apoiar o cuidado de idosos.

Com o envelhecimento da população e num contexto de pandemia, Portugal e a UE devem tomar medidas para garantir uma Europa saudável e resistente, dando prioridade aos cuidados de saúde e às doenças cardíacas relacionadas com a idade. Portugal tem agora uma oportunidade para fazer a diferença nesta área, através da presidência do conselho da UE, a qual irá tomar a partir de Janeiro de 2021. Ao considerar e liderar a política de saúde da UE durante a sua Presidência, Portugal tem a oportunidade de apoiar a sua própria população e todos os europeus através da colaboração europeia em doenças cardíacas estruturais.

Uma solução direta para esses grandes desafios sociais seria uma Presidência da UE centrada em pacientes cardiovasculares e promover uma Ação Conjunta Europeia sobre Doenças Cardíacas Estruturais e DCV relacionadas com a idade. É necessária esta Ação Conjunta para conceber um quadro comum de ações sobre SHD na deteção precoce e tratamento e contribuir para o envelhecimento ativo e saudável na Europa.

Ler mais

Petição Pensos

Set 28, 2020

Pelo alargamento do acesso comparticipado a material de penso com ação terapêutica e materiais de compressão, a todos os cidadãos, mediante indicação clínica.

Assinar Petição

Ler mais

Nova Parceria Oficial da Associação

Set 28, 2020

A Associação Amigos da Grande Idade assinou uma parceria com a Sociedade Portuguesa de Feridas.

A ELCOS  (https://www.sociedadeferidas.pt/) é uma sociedade científica, dotada de personalidade jurídica, formada por profissionais ligados às áreas da saúde, ensino e investigação, que têm como interesse comum promover o debate, a formação e a investigação no âmbito da prevenção e tratamento de feridas.

Sabendo as enormes dificuldades com que os serviços e os cuidados a pessoas idosas tem na gestão de feridas, esta parceria traz um contributo enorme para todos, fazendo com que a Associação tenha uma linha de comunicação com os especialistas desta área, partilhando-a com todos os que desejarem.

A primeira iniciativa desta parceria será a divulgação de uma petição para que o material de penso seja comparticipado. Esta petição está já a decorrer e pode ser consultada através do nosso site.

Ler mais